Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Verdades Mentirosas

"Não é que eu seja mentiroso, eu não sou é verdadeiro."

Verdades Mentirosas

"Não é que eu seja mentiroso, eu não sou é verdadeiro."

No final foi simples: Amber Heard foi mentirosa e perdeu

02.06.22, o mentiroso

Johnny-Depp2343.jpg

Se há coisa que a justiça não é nos Estados Unidos é simples. Talvez seja por isso que o mundo celebrou em uníssono a vitória de Johnny Depp no mega-processo de difamação. A justiça foi feita, coisa rara para aqueles lados...

Os praticantes do feminismo porém já se começaram a indignar. A esses pouco lhes importa que tenha ficado provado que Amber Heard mentiu inúmeras vezes, a esses pouco lhes importa que ela tenha sido "apanhada" em gravações a assumir que agrediu Johnny Depp e pouco lhes importa que ela tenha metido ao bolso os tais 7 milhões que conseguiu no divórcio e que prometera doar para a caridade.

As mentiras foram tantas que até eu, um especialista na arte de mentir, senti vergonha alheia. Em boa verdade a indignação teve início assim que foram divulgadas as primeiras gravações nas quais a Amber Heard aparecia a tentar armar autênticas ciladas a Johnny Depp (seu marido na altura). Afinal de contas o viciado em drogas e álcool pode ter os seus defeitos, mas à parte de algumas palavras extremamente desagradáveis o que ele mais fazia era limitar-se a fugir.

Durante o julgamento não restaram dúvidas para os jurados, Deep era a vítima e Amber Heard a agressora e em jeito de punição poética eis que Deep vai receber de volta os 7 milhões que pagou a Amber no divórcio e "mais alguns trocos".

Suspeito que o dinheiro é o que menos interessa ao popular ator e acredito que ganhar o processo de difamação nem sequer tenha sido o seu objetivo principal. Mais importante que isso foi a exposição de Amber Heard enquanto agressora e a prova inegável que sim, até uma mulher pode ser uma agressora!

Mas ao final do dia Deep não ganhou este julgamento apenas devido às gravações comprometedoras ou ao ódio natural criado em torno de Amber Heard. Ele ganhou este julgamento porque a sua equipa de advogados muniu-se com um "tsunami" de provas tão devastador e que até o praticante mais ferrenho de feminismo não pode ignorar.

E o mentiroso sou eu?